Acode EU

Confira como usar e aplicar a Função PGTO do Excel.

PGTO (Pagamento), Confira mais uma das Funções Financeiras.

A função PGTO retorna o valor do pagamento por período sendo que os pagamento e taxas de juros são constantes. Ela é usada para saber o valor de cada parcela que será paga para chegar a um determinado valor futuro.

Veja a sintaxe da fórmula:

PGTO (Taxa; Nper; Vp; Vf; Tipo)

Confira agora o significado de seus argumentos:

Taxa: É a taxa de juros por períodos;

Nper: É o número total de pagamento em meses;

Vp: É o valor presente de uma série de pagamentos futuros;

Vf: É o valor futuro que deseja obter depois do último pagamento;

Tipo:  Pode ser 0 ou 1. O 0(Zero) indica as datas de vencimentos no final do período e o 1 as datas de vencimentos no início do período.

Acompanhe o exemplo abaixo para melhor compreender a função.

Paula quer resgatar após 2 anos o valor de R$10.000,00 da poupança que rende 1% ao mês e ela quer saber quanto aplicar todo mês, para obter esse valor.

A primeira coisa a fazer é separar todos os dados disponibilizados pelo probleminha e aloca-los de forma correta nos argumentos da função.

Em uma planilha coloque todos os argumentos que a fórmula possui;

Em seguida distribua os valores;

Vamos entender melhor essa distribuição:

Taxa: 1,00% – foi dito que a poupança rende 1% ao mês;

Períodos: 24 – Pois são 2 anos, isso totaliza 24 meses;

Valor Presente: Paula quer saber o valor mensal que será pago para chegar ao valor do resgate estipulado (valor futuro) e não saber o quanto é necessário investir hoje para ter certa quantia no final do período (Clique aqui e veja mais sobre VP). Por isso o valor em branco;

Valor Futuro: É o valor estipulado por Paula que será resgatado no final do período, mas atenção não confunda esse valor de resgate com a função “VALOR FUTURO”. A função “Valor Futuro” retorna o valor futuro de um investimento baseado em pagamentos e taxas de juros constantes, é usada quando se deseja saber o valor final de uma aplicação financeira, ou seja, o Valor Futuro “É O PROCURADO”, enquanto na função PGTO ele é o valor fornecido. (Clique aqui e confira mais sobre valor futuro).

Tipo: 1 – O tipo é 1 porque o primeiro pagamento será hoje.

Confira a aplicação da fórmula:

Agora dê um ENTER;

R$367,06 é o valor que deve ser aplicado por Paula durante 2 anos(mensalmente), para resgatar os R$10.000,00 no final do período.

Agora suponhamos que Paula decidiu depositar R$1.000,00.

Digite no valor presente – R$1.000,00 (valor negativo pois será desembolsado) e veja que o valor do pagamento mensal reduz para -R$320,46.

Com um depósito de – R$1.000,00 Paula terá que depositar mensalmente -R$320,46 para obter os mesmos R$10.000,00.